domingo, 22 de março de 2009

A trajetória do lutador Will Ribeiro - Para fazer os tratamentos médicos ele precisa da sua ajuda

Will na pesagem do WEC, evento americano em que se destacou


* Texto escrito a partir do relato de Wladimir Alves, irmão e agente de Will

Parte 1 – Um pouco da vida de Will Ribeiro

Will Ribeiro (à direita na foto) nasceu e cresceu no Rio de Janeiro, mais precisamente no prédio do “Balança mas não cai”, situado na rua Santana, ao centro da cidade. Will teve uma infância difícil no local. A maioria dos amigos dele morreram. Mas com a força da mãe, dona Tereza Cristina Pessoa Ribeiro, o garoto driblou todas as adversidades. Dona Tereza conseguiu criar seus quatro filhos sozinha, educando e protegendo eles das situações de risco. Tereza faleceu há quatro anos.
Will era muito levado e brigão. Tereza tinha muito medo dessa característica do filho. Com apenas seis anos de idade, Will começou a lutar Taekendo, na Academia Santana com o professor Rodney, na rua do Riachuelo. Dali, ele partiu para outras modalidades de luta, como Muay-Thai e Luta Livre. Tempos depois, mais maduro e experiente, o garoto conheceu o professor de Boxe Márcio Rodrigues, com quem iniciou uma bela parceria.
Márcio projetou Will para grandes eventos de Boxe no Brasil inteiro, o que resultou na convocação dele à seleção olímpica de Boxe Amador. Logo depois, voltou para o Rio de Janeiro. Fazendo a diferença dentro dos ringues, Will ganhou muitas lutas. Até que um dia, foi à academia Boxe-Thai/Grajaú fazer um pequeno treino. Ao seu lado na Academia, estava o lutador de Vale Tudo Rodrigo Nogueira, que já era chamado de Rodrigo Minotauro.
A extrema rapidez de Will, logo chamou a atenção dele. Minotauro, admirado com a desenvoltura do rapaz dentro do ringue, começou a usá-lo nos treinos como seu sparring. Nesse instante, Will começou sua história de vida dentro do MMA nacional. Lutou em vários eventos pelo Brasil inteiro, inclusive do próprio Rodrigo Nogueira e outros.
Will obteve muito destaque nacional e internacional. Para Wladimir, isso foi uma consequência natural do trabalho do irmão, pois ele era rotulado como fenômeno dos leves ligeiros e começou a chamar atenção de empresários, como Joinha, Edi e outros. “Meu irmão estava na bola da vez para ser uns dos melhores do WEC, evento em Las Vegas. No Ranking em todo mundo, segundo Joinha, ele já estava em sétimo lugar. Will, em pouco tempo, seria referência mundial dos leves”, destaca.

Parte 2 - Acidente e atual momento de vida

Depois do grave acidente que sofreu no dia 16/12/2008, terça-feira, em Vila Isabel-RJ, Will mudou muito. O lutador teve traumatismo craniano. Hoje, ele está com a metade do corpo paralisado. Will sofre muito: chora constantemente e sente muitas dores. “Não sabe como será o seu futuro daqui pra frente. Mas ele fala, e tem total noção, que voltará a lutar sim! Por mais que os médicos digam que ele não volta a lutar, meu irmão acredita fielmente nisso. Ele [Will] diz: 'o primeiro que eu pegar dentro do ringue, meu amigo, vou arrancar a cabeça dele e descontar tudo o que eu estou passando nesse momento'.”, desabafa o irmão.

Parte 3 – Breve histórico profissional

* Penta Campeão Estadual de Boxe Amador do Estado do Rio de Janeiro.
* Ex-atleta do Clube de Regatas Vasco da Gama – RJ.
* Atleta da Seleção Olímpica de Boxe.
* Atleta da Equipe de M.M.A Irmãos Nogueira e Boxe-Thai.
* Campeão do Torneio Kid Jofrer-São Paulo-2001.
* Campeão do Conquista Fight-1.
* Campeão do Conquista Fight-2.
* Campeão do Minas Gerais F.C.
* Campeão do Shotoo Brasil 2, 3 e 4.
*Campeão do W.E.C / Las-Vegas - EUA


Wladimir Alves também faz um apelo sincero, para que ajudem Will:

“Peço para quem puder me ajudar, com toda humildade desse mundo, que deposite em minha conta qualquer valor. De pouco em pouco, a gente chega lá. Se Deus quiser. Ag:1791 C/C: 15768-6. BRADESCO - Wladimir Alves Pacheco Neto. Conto com a colaboração e boa vontade do povo brasileiro. Muito obrigado a toda equipe da Brasil Combate, que hoje está ao lado do meu irmão, ajudando no que ele precisar”.

Que Deus ilumine a todos dando saúde e paz.

Wladimir Alves (Irmão e Agente).
Tel: (21) – 8758-5870.

Um comentário:

Viviane disse...

Wladimir, vou colaborar sim com prazer. Vai dar tudo certo. O cara la de cima não dorme tão pouco abondona seus filhos, se firme nisso e não esqueça: Perserverar sempre.