domingo, 1 de março de 2009

Alan do Nascimento fala sobre a conquista do Europeu 2009 e do trabalho em equipe

Finfou comemora o Campeonato Europeu de Jiu-Jitsu em Lisboa Foto: arquivo pessoal

Após um mês da conquista do Europeu de Jiu-Jitsu 2009, em Portugal, Alan "Finfou" do Nascimento conta em entrevista ao blog todos os detalhes da vitória na categoria meio-pesado.

MMA Sul - Qual a importância da sua equipe para conquista do Europeu 2009?
Alan Nascimento “Finfou” - Foi importante em tudo. Sempre digo: a parte mais fácil, para me tornar campeão, sou eu quem faz, que é ir até a competição e lutar. O difícil quem faz é a equipe, composta por Deus (sempre!), Mestres Ricardo Vieira e Léo Vieira, preparador físico Henry Ribeiro, companheiros de treino, toda a galera do Projeto VB TEAM CANTAGALO e toda a Academia Fight Zone. Esses sim são os principais responsáveis para que eu possa estar preparado para enfrentar qualquer outro atleta.

MMA Sul – Quais eventos pretende competir neste ano?
AN Finfou - Pretendo lutar tudo esse ano. Com certeza estarei em todas as competições que eu tiver oportunidade e condições.

MMA Sul – Antes da disputa do Europeu, quais eram suas expectativas?
AN Finfou - Minhas expectativas sobre a competição eram de poder dar o melhor de mim, para ficar entre os quatro no pódio, no peso e no absoluto. Graças a Deus, meu Professor Ricardo Vieira, meu Preparador físico Henry Ribeiro e meus companheiros de treino do Projeto VB TEAM CANTAGALO consegui alcançar esses resultados.

MMA Sul – Como foi sua preparação?
Finfou – A preparação para o Europeu foi muito forte. A galera da Academia Fight Zone me ajudou muito. Deu todo suporte possível para que eu estivesse preparado para a competição. Meu preparador físico Henry Ribeiro e meu mestre Ricardo Vieira não me deram moleza. "Nada de descanso no Natal e Ano Novo", foram as palavras deles. Minha carga de treino era Jiu-Jitsu duas vezes por dia e uma preparação física. Por isso falo que mais de 70% desse título não é meu, e sim de todos eles que suaram, apoiaram, acreditaram e se dedicaram a me fazer preparado para lutar.

MMA Sul – Quantas lutas você fez e como foram?
Finfou – Fiz três lutas na minha categoria. Na primeira finalizei Igor Araújo (Gracie Barra Caveirinha) com um arm-lock da guarda fechada. Na segunda finalizei Felipe Motta (Akxe BJJ) com um estrangulamento pelas costas e na final contra Otávio Sousa (Gracie Barra Pernambuco) ganhei por pontos, 4 a 2.

MMA Sul – Qual a sua maior dificuldade nesta competição?
Finfou – A maior dificuldade é o lado financeiro. Não tenho patrocínios que ajudam com dinheiro. Fica sempre muito alto o custo das viagens. Mas graças a Deus consegui superar e mais uma vez um objetivo alcançado.

MM Sul – Qual foi sua luta mais difícil no Europeu?
Finfou - A Luta mais dura do absoluto foi contra o Alexandre Souza (Gracie Floripa) e na categoria foi a final contra Otávio Sousa (Gracie Barra Pernambuco). Os dois são atletas de altíssimo nível e com certeza a gente ainda irá se esbarrar em muitas competições.

MMA Sul – Como estava o clima em Lisboa?
Finfou - Estava frio e chovendo muito fora do estádio. Mas dentro o clima estava tenso e com bastante adrenalina no ar (risos).

3 comentários:

Anônimo disse...

fala irmao parabens vc merece isso e muito mais um grande abraço

leandro disse...

nao a gloria sem sofrimento...
ele merece esta onde esta...
batalhamos demasi pra chegar onde nos estamos..

Anônimo disse...

olha jilvan pinheiro de sousa eli um dia mim em cino faixa petra com toda autor escola mim em cino derige caro moto onibus pois eu passei figuedo na autor escola dia por tanto cicero morreno mim buta um garagi bem apetada eu cosegui