segunda-feira, 30 de agosto de 2010

UFC 118 deixa a desejar


Do UFC 118, ocorrido no último sábado (28), em Boston, não se tem muito a falar. Foi uma das edições mais apagadas da organização. Começando pelo duelo brasileiro Demian Maia e Mario Miranda. Mais pareceu um treino combinado. Luta amarrada, com vitória para Demian na decisão unânime. O talento brasuca não aflorou, nem finalização nem nocaute.

O que aconteceria na luta de Randy Couture contra o boxista James Toney todos os fãs da luta já sabiam. Era óbvio que Randy não iria trocar em pé com um "expert" do pugilismo mundial. Colocou pra baixo e pegou no katagatami. Foram quatro minutos de combate. Toney não representou perigo em momento algum. Serviu apenas para dar mais brilho à carreira de Couture.

Na luta principal, Frankie Edgar repetiu a atuação do UFC 112 e derrotou pela segunda vez o havaiano BJ Penn, mantendo o cinturão dos leves. Frankie, estrategista, batia e saía, e sempre entrava no tempo certo para dar a queda. Deve ter sido muito estudo em cima do jogo de BJ, que em nenhum momento foi superior. Frankie dominou os cinco rounds, venceu por unanimidade.

Se compararmos o card principal com o preliminar daria para afirmar que, se inversos, o show seria muito melhor nessa 118ª edição do Ultimate. Se o maior evento do mundo apresenta os melhores atletas e paga as melhores bolsas, que proporcione aos fãs da luta, merecidamente, mais emoção no octógono. Nem se quer um nocaute ocorreu. Até o UFC 119!

2 comentários:

Jiu-Jitsu On Line disse...

Exelente essa crítica que você expôs.

Isso está acontecendo porque os juízes não dão mais valor aos lutadores que buscam o combate, mas sim aos que pontuam mais, mesmo tendo amarrado a luta toda.

Um exemplo desse absurdo foi a vitória do Gray Maynard sobre o Kenny Florian! O Kenny partiu pra trocação, acertou golpes, arriscou chutes altos e fez uma guarda ofensiva. E tudo que o Maynard fez para vencer foi aplicar poucas quedas e ficar amarrando.

- Ocorreu uma inversão de valores com o crescimento do MMA. Triste...

Thiago disse...

Concordo plenamente com a materia e o comenta do Jiu-Jitsu On Line. UFC 118 deixou a desejar. Treino entre brasileiros e a luta do Couture n foi nada mais doque todos esperavam mesmo. Mas valeu a promoção e o publico q lotou o lugar. Ganharam bastante dinheiro. E as preliminares foram realmente mais intensas. BJ, torcia pra ele, mas o Edgar ta lutando mto, o cara ta foda mesmo. Abrçs Valmir e o blog ta foda tb!