quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Jiu-Jitsu salva a vida de menino - Drew se defende de cão Pit Bull com um mata-leão

Para o garoto Drew Heredia o dia 30 de dezembro ficará marcado. Com apenas 9 anos, ele deixou os moradores de Bakersfield, na Califórnia, boquiabertos com a sua proeza. Enquanto passeava com uma amiga e seu cão Chiuaua foram atacados por um pit bull. A menina (não identificada), de 12 anos, tentou defender seu cãozinho do ataque, mas o pit bull começou a mordê-la. Drew num ato heróico aplicou um mata-leão (estrangulamento) no pit bull, imobilizando-o até a chegada de um policial. Ele pratica jiu-jitsu há dois meses na Brazilian Jiu-Jitsu Studio com o faixa-marrom Matt Baker, que afirma estar admirado com a coragem de seu aluno. Drew disse que pensou em chutar o pit bull, mas ficou com medo do cão morder sua perna. A menina foi encaminhada ao hospital Mercy Southwest e teve os ferimentos tratados. Seu cãozinho que havia fugido na hora do ataque retornou para casa na sexta-feira. (Bakersfield NOW)

__________________________________________________________
Foto: Rodrigo Clemente
No Brasil, um caso semelhante ocorreu na cidade de Sabará, Minas Gerais, na tarde de 22 de julho 2008. Gabriel, de 11 anos foi atacado por um pit bull, e para se defender ele mordeu o cão, deixando um de seus dentes caninos preso à pele do animal. Ele foi levado para o hospital e liberado no mesmo dia. "Não tem problema. É melhor perder um dente que perder a vida" disse o menino. (O Globo)

5 comentários:

Nx disse...

Putaaa que paril em !!!

João disse...

mulecada barra pesada em!!!
isso aii sangue no zóio!!!
mete o dente mesmo!

edu disse...

mtoo legall eh interreessante a reportagem e mtoo bomm saberr q umm esporte pode salvar a vida de uma pessoa pois um ataque de pitbull pode ser fatall

Gustavo disse...

Uhuuul molecada cascuda hein hahaha

Blog do Deivid disse...

porra... a guriada é foda né.... imagina quando crescer......... sai de baixo...........